POLÍTICA DE PUBLICAÇÃO

Política editorial e publicação no âmbito
I Congresso de Direito Internacional
Sistemas Regionais de Direitos Humanos (I CDI)

Modelos de publicação:

O I Congresso Internacional de Direito Internacional – Sistemas Regionais de Direitos Humanos (I CDI) em parceria com o CEDIS – Centro de I&D Sobre Direito e Sociedade da NOVA School of Law propõe-se publicar os trabalhos aprovados e efetivamente apresentados em duas vias: um Proceedings Book com todos os resumos aprovados e efetivamente apresentados e Monografias temáticas (1 e-book por cada eixo de investigação) com os trabalhos finais.

A afirmação do meio digital e o surgimento do movimento internacional pelo acesso aberto da produção científica estão na génese do I CDI manifestos na forte aposta à implementação na produção académica de todo o evento, assim como na aplicação de novos requisitos de edição digital e das boas práticas na edição científica.

A aposta no virtual passa também por potenciar que todos os trabalhos publicados sejam encontrados rapidamente, aumentando, assim, a divulgação do conhecimento científico, mas também numa perspetiva de sustentabilidade ambiental.

Todas as publicações do evento têm a validade científica que lhe é conferida pelo rigoroso sistema de revisão por pares cegos (double blind peer review) de todos os trabalhos e pela aposição de ISBN (International Standard Book Number) da publicação com registo oficial.

Por outro lado, o I CDI enverará esforços para disponibilizar até ao termo do congresso uma lista de revistas e journals científicos com impacto não inferior a Qualis A com os quais se estabelecerá um fast track editorial de acesso ao fluxo contínuo de revistas e/ou journals em condições mais vantajosas. Também se organizarão números temáticos em revistas e/ou journals com fator de impacto e que ficam depois abertos à submissão por parte de qualquer pessoa que tenha inscrição de trabalhos no âmbito do I CDI.

A decisão sobre a/as opção ou opções de modelos de publicação no âmbito do I CDI é da responsabilidade dos/as Participantes.

Esta avaliação pode ter um âmbito apenas interno entre a Comissão Científica do evento e/ou externo o que sucede sobretudo no modelo de fast track editorial e/ou número temático cuja responsabilidade pela avaliação dos conteúdos será da revista e/ou journal escolhido/a pelo/a Participante.

O modelo de fast track é em si um modelo dinâmico e em desenvolvimento, sendo que a lista de revistas e journals associados ao evento vai sendo gerada e disponibilizada aos/às Participantes à medida que as parcerias se vão estabelecendo.

Os prazos e guidelines de submissão estarão disponíveis oportunamente nesta página.

LOGIN

MINHA CONTA